Sessão de Oportunidade de Parceria em Gestão de Áreas Contaminadas

A Câmara de Comércio e Indústria Luso-Brasileira e o Laboratório Nacional de Engenharia Civil lançam uma sessão de Oportunidade de Negócios e Parcerias entre empresas Luso Brasileiras, em Lisboa, no dia 03 de fevereiro. Este evento contará ainda com a presença da Embaixada do Brasil, as empresas Finkler Ambiental e Clean Environmental, ambas brasileiras, especializadas em investigação e remediação de áreas contaminadas.

Esta iniciativa marca o lançamento da I Conferência Internacional sobre Gestão e Reabilitação de Áreas Contaminadas (CIGRAC), que decorrerá entre 24 e 27 de novembro de 2020 e justifica-se no ano em que Lisboa é a Capital Verde Europeia 2020. Durante 2020 Lisboa será o centro de muitas atividades sustentáveis e por isso todas as razões são suficientes para abordar a mitigação de potenciais cenários de contaminação do solo, que possam ter resultado de atividades industriais pouco sustentáveis, mas já desativadas.

Países como Estados Unidos da América, Japão, Canadá, Austrália, Brasil e muitos outros estabeleceram políticas de proteção do solo, e Portugal deve seguir na mesma direção. Nesta perspectiva, a cooperação entre Brasil e Portugal é bastante enriquecedora para os dois países.

As empresas EGiamb e Hera serão patrocinadoras do evento.

Evento de participação gratuita, mas de inscrição obrigatória pelo e-mail: Evento de participação gratuita, mas de inscrição obrigatória pelo e-mail geral@ccilb.net

Local: Centro de Congressos do LNEC (parque de estacionamento gratuito)

Horário: 9h00 às 18h00

Consulte o programa aqui: http://www.lnec.pt/pt/divulgacao-e-formacao/reunioes-cientificas/

Mais informações: https://ccilb.pt/sessao-de-oportunidade-de-parceria-em-gestao-de-areas-contaminadas/

PRÉMIO MSc-APAI / BRISA: Melhor Tese de Mestrado em Avaliação de Impactes

Com  o  objetivo  de  incentivar  a  investigação,  o  desenvolvimento  e  a  inovação  em temas relacionadas com a Avaliação de Impactes, nomeadamente com a Avaliação de Impacte Ambiental  (AIA)  e com a Avaliação Ambiental Estratégica (AAE), com enfoque particular nos trabalhos concretizados no âmbito  de  dissertações  de  Mestrado,  realizados  em  universidades  ou  outras instituições  de  ensino  e  investigação  portuguesas,  a  Associação  Portuguesa  de Avaliação de Impactes (APAI) institui o PRÉMIO MSc-APAI, que conta com o patrocínio da BRISA.

O Prémio tem como data limite de candidatura o próximo dia 31 de janeiro. Consulte AQUI o regulamento.

ENGIE – Encouraging Girls to Study Geosciences and Engineering

O padrão geral de género nas geociências, especialmente nos setores de prospeção e exploração de matérias-primas, está definitivamente desequilibrado. É caracterizado, mais ou menos, por homens e estereótipos masculinos ​​em quase todas as partes dos grupos de negócios, na sociedade e nas comunidades profissionais, bem como na área da educação e na investigação. No entanto, estudos confirmam que equipas diversificadas são mais criativas e inovadoras. A participação das mulheres em indústrias relacionadas com as matérias-primas é, portanto, necessária e pode ser considerada como um elemento na estratégia de negócios.

A Comunidade das Matérias-primas do Instituto Europeu de Inovação e Tecnologia (EIT RawMaterials) apoia a implementação de um projeto que tem como objetivo despertar o interesse de raparigas entre os 13 e os 18 anos de idade para estudar Geociências e disciplinas relacionadas com engenharia, melhorando expectavelmente o balaço de género nestas áreas. O projeto ‘ENGIE – Encouraging Girls to Study Geosciences and Engineering’ (Promover o Estudo das Geociências e Engenharia por Raparigas) irá focar-se em estudantes femininas do ensino secundário, dado que as decisões do percurso profissional são efetuadas geralmente neste período da vida. Este projeto que começou em janeiro de 2020 terá a duração de três anos.

Durante a implementação do projeto, será desenvolvida uma estratégia de consciencialização e será estabelecida uma rede internacional colaborativa das partes interessadas para a realização de um conjunto de ações concretas. Estas ações incluem eventos de ciência para as famílias, programas ao ar livre, clubes de ciências escolares, visitas a museus, programas de mentoria, conferências internacionais para estudantes, oportunidades de publicação e de obtenção de prémios, cursos de verão para professores de ciências e produção de materiais didáticos.

O projeto ENGIE será implementado através da cooperação de 26 instituições. O consórcio envolve 3 universidades (Universidade de Miskolc, Universidade Técnica de Luleå e a Universidade de Zagreb), 2 centros de investigação (o Conselho Nacional de Investigação Italiano e o Centro de Investigação de La Palma) e uma organização profissional de nível europeu (Federação Europeia de Geólogos – FEG). Vinte associações nacionais da FEG, entre as quais a Associação Portuguesa de Geólogos, participarão também na implementação do projeto como Terceiras Partes (Linked Third Parties). Através da sua contribuição, as atividades do projeto serão estendidas a mais de 20 países europeus.

MAIS INFO [+]: info@apgeologos.pt

I Reunião de Grupos de Trabalho da APG

No próximo dia 21 de janeiro, realizar-se-á, em Braga, a I Reunião de Grupos de Trabalho da Associação Portuguesa de Geólogos, em que serão discutidos vários temas relevantes ligados à profissão.

Para mais informações, por favor, contactem os colegas Bruno Pereira e Carlos Almeida  (e-mail: bpereira@apgeologos.pt ou  calmeida@apgeologos.pt).

Boas Festas!

A APG deseja a todos um Feliz Natal e um Ano de 2020 repleto de muitos sucessos pessoais e profissionais.

A APG no Arouca Geopark

No ano de 2019 realizamos, no Arouca Geopark, duas edições do XXXIX Curso de Atualização de Professores de Geociências.
Partilhamos aqui o registo de alguns momentos: https://youtu.be/8UrCI0wFJmA.

INTERCONNECT MINING XP 2020

O Interconnect Mining Experience é Primeiro Congresso Online de Mineração do Brasil.

Este será um evento inovador no setor de engenharia e mineração. Este congresso já demonstra por si só que será um evento revolucionário em sua plenitude, dado à forma que está concebido e também à amplitude do seu alcance.

Este será um evento totalmente online, com possibilidades de extrapolar fronteiras, não só estaduais como intercontinentais.

O objetivo da Comissão Organizadora é envolver todas as regiões do país e do mundo em um mesmo evento, agregando conhecimento ao setor mineral e cada vez mais académico.

O evento terá 3 temáticas:

~ Inovação

~ Equipamentos

~ Softwares

O trabalho da Comissão Organizadora assenta em três pilares fundamentais, Educação, Inovação e Sustentabilidade.

Em todos os dias haverá palestras e workshop ministrados por profissionais e académicos de renome nacional e internacional.O evento será realizado nos dias 26, 27 e 28 de maio de 2020, e dado a certeza de seu êxito esperamos inseri-lo no calendário nacional de eventos de mineração.

MAIS INFO [+]