Aprovada a nova Estratégia Nacional de Conservação da Natureza e Biodiversidade

Foi aprovada a Estratégia Nacional de Conservação da Natureza e Biodiversidade 2030 (ENCNB 2030), através da Resolução do Conselho de Ministros n.º 55/2018 – Diário da República N.º 87 Série I, de 7 de maio.

«A Estratégia Nacional de Conservação da Natureza e Biodiversidade para 2030 (ENCNB 2030) assenta no reconhecimento de que o património natural português concorre decisivamente para a afirmação do país internacionalmente e, deste modo, contribui para a concretização de um modelo de desenvolvimento assente na valorização do seu território e dos seus valores naturais.» (in Resolução do Conselho de Ministros n.º 55/2018).

A APG participou na Discussão Pública que decorreu em 2017 e é com agrado que verifica que muitas das suas sugestões foram integradas no documento final.

Anúncios

Participação da APG no Workshop do Projeto CHPM2030

A APG participou no Workshop de Orientação do projeto CHPM2030, que decorreu em Bruxelas no dia 12 de abril de 2018. Este Workshop foi dirigido às Associações Nacionais, membros da Federação Europeia de Geólogos, envolvidas nos projetos do H2020 como Terceiras Partes.

O projeto europeu Chpm2030 está a desenvolver uma estratégia tecnológica que poderá diminuir substancialmente a dependência europeia no que diz respeito à importação de minerais metálicos críticos e de energia. O CHPM2030 visa o desenvolvimento de novos conceitos, combinando a produção de energia geotérmica e a exploração de metais, otimizando assim a viabilidade económica dos projetos SGO (Sistema Geotérmico Otimizado).

Saiba mais sobre este projeto aqui.

Save the Date: Lithium EuroWorkshop

Decorrerá de 20 a 22 de setembro de 2018 o “Lithium EuroWorkshop”, organizado pela Associação Portuguesa de Geólogos e o Instituto Politécnico da Guarda, no âmbito do Projeto “A Geologia como Base da Qualidade de Vida? A Sustentabilidade do Lítio na Povoação de Gonçalo” – Projeto 023720 (AAC/02/SAICT/2016). Este EuroWorkshop tem o apoio da Federação Europeia de Geólogos.

Seminário “A Geologia na Rota da Vinha e do Vinho na Região de Lisboa”

De 06 a 08 de abril decorreu o Seminário intitulado “A Geologia na Rota da Vinha e do Vinho na Região de Lisboa” que foi organizado pela Associação Portuguesa de Geólogos em colaboração com os Municípios de Alenquer e de Torres Vedras, no âmbito da “Cidade Europeia do Vinho – 2018”, e o Centro de Formação das Escolas de Torres Vedras e Lourinhã.

O programa do Seminário compreendeu a Sessão de Boas Vindas no Salão Nobre da Câmara Municipal de Alenquer, conferências, integradas nos painéis “Geologia e Viticultura” e “Enologia, Geoturismo e Enoturismo” que decorreram no Auditório dos Paços do Concelho de Torres Vedras, e visitas a adegas, quintas e sítios de interesse geológico, paisagístico e vinhateiro.

O Seminário pretendeu expor as interações entre a geologia, a vinha e o vinho, para além de apresentar novas abordagens relativas ao Geoturismo e Enoturismo na região de Lisboa, particularizando o território que abrange os concelhos de Alenquer e de Torres Vedras, que correspondem a duas regiões vinícolas de Denominação de Origem.

Dos trabalhos apresentados pelos conferencistas e das rotas Geo-enoturísticas efetuadas, bem como das distintas abordagens relativas aos conteúdos temáticos focados, foi mais uma vez demonstrada a importância da geologia para a viticultura e enologia e a relevância da integração do património geológico em roteiros enoturísticos. De facto, para o desenvolvimento económico sustentado do sector vitivinícola e enológico é importante criar uma imagem de um “macroterroir” para a região demarcada de Lisboa, atendendo às suas características geológicas e climáticas singulares, e elaborar Cartas de “Terroir” a diferentes escalas. Relativamente à promoção, valorização e divulgação do património geológico, paisagístico, vitivinícola, enológico e cultural, numa perspetiva de desenvolvimento ambiental e económico sustentável, urge a necessidade de implementar itinerários Geo-enoturísticos em rede, a escalas distintas, e os seus respetivos guias interpretativos quer nas regiões municipais e intermunicipais quer em quintas vitivinícolas.

A APG deseja agradecer a todos os participantes, que nos acompanharam em mais uma edição deste Seminário que alia a Geologia à Viticultura e Enologia, aos oradores pela sua notável contribuição e às entidades apoiantes, pela sua inestimável colaboração. Todos permitiram que este evento fosse realizado com sucesso.

O álbum com uma seleção de fotografias tiradas durante o Seminário está disponível aqui.

MAIS INFO [+]

Workshop para crianças no âmbito do projeto KINDRA

No âmbito do projeto europeu KINDRA, a APG realizou um Workshop para crianças sobre “O Ciclo da Água”. Esta atividade decorreu no dia 20 de março de 2018, na Escola EB1 de Megide (Canelas), no concelho de Vila Nova de Gaia. Os pequenos cientistas que participaram neste Workshop descobriram como circula a água na Terra e qual a importância deste recurso natural para a vida de todos os seres vivos do nosso planeta.

Consulte aqui mais informações sobre este projeto.

Dia da APG – 10ª Reunião Anual e 2º Workshop do Projeto KINDRA

O Dia da APG 2018 decorreu no dia 22 de março de 2018, no Laboratório Nacional de Energia e Geologia, em Alfragide. Este evento integrou a 10ª Reunião Anual da APG e o 2º Workshop do Projeto KINDRA, que se debruçou sobre o tema “Valorizar a Água Subterrânea”.

O programa da 10ª Reunião Anual incluiu a Assembleia-Geral Ordinária da APG, a Eleição para os Órgãos Sociais da APG (biénio 2018-2020), assim como a conferência especial “Geologia. Mito e aventura.”, proferida pelo colega e associado Hipólito Monteiro, ex-Presidente da APG e ex-investigador do LNEG. A apresentação do homenageado foi efetuada pela colega Fátima Abrantes, investigadora do Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

A única lista candidata ao Órgãos Sociais da APG foi eleita por unanimidade.

O programa do 2º Workshop do Projeto KINDRA incluiu as seguintes palestras:

– “A Diretiva Quadro da Água e a Diretiva das Águas Subterrâneas” proferida por Ana Rita Lopes (Agência Portuguesa do Ambiente);

– “Água, Águas e outras coisas mais” proferida por José Martins Carvalho (TARH);

– “Projeto KINDRA: objetivos, expectativas e resultados” proferida por Mónica Sousa (APG, FCUP).

Saiba mais sobre o projeto europeu KINDRA aqui.

MAIS INFO [+]

Inquérito online do Projeto INFACT: Innovative, Non-invasive and Fully Acceptable Exploration Technologies

A Europa está prestes a tornar-se mais atraente no que diz respeito à exploração de matérias-primas. O projeto INFACT, financiado pela UE, tem como objetivo desenvolver tecnologias de prospeção de recursos geológicos, inovadoras e não invasivas, aceites pela sociedade europeia. Espera-se que estas novas tecnologias, que serão testadas em condições reais, dinamizem o setor mineiro europeu. São três as áreas de referência onde serão testadas estas tecnologias: Alemanha (Geyer), na Finlândia (Sakatti) e na Espanha (Minas de Ríotinto, Gerena).

No âmbito das tarefas do projeto europeu financiado (no quadro do H2020) INFACT: Innovative, Non-invasive and Fully Acceptable Exploration Technologies, convidamos todos os interessados a responder a um curto inquérito online, disponibilizado pela Federação Europeia de Geólogos. O inquérito estará disponível até ao dia 30 de março de 2018.