Arquivo de Notícias

Dia da APG 2019 – 11ª Reunião Anual

Dia_APG_2019_Banner

O Dia da APG – 11ª Reunião Anual irá realizar-se na manhã do dia 29 de março de 2019, no LNEC – Laboratório Nacional de Engenharia Civil, em Lisboa. Este evento integrará uma conferência especial proferida pelo Prof. Ricardo Oliveira, sócio da APG, e a Assembleia Geral Ordinária da associação.

No âmbito da homenagem ao Prof. Ricardo Oliveira, realizar-se-á um almoço. Se pretender participar neste almoço inscreva-se aqui: https://goo.gl/cbbRkS.

Anúncios

Inquérito sobre o sismo de 28 de Fevereiro de 1969

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera, o Instituto Superior Técnico, a Faculdade de Ciências e o laboratório associado Instituto Dom Luiz estão a lançar um inquérito macrosísmico nacional por ocasião dos 50 anos sobre o grande sismo de 1969.

Este é o sismo de maior magnitude sentido na Europa desde o grande terramoto de Lisboa de 1755. Ocorreu na madrugada de 28 de fevereiro de 1969 tendo gerado alarme e pânico entre a população, cortes nas telecomunicações e no fornecimento de energia elétrica. Para além do continente português, foi sentido na Madeira, Espanha, Marrocos e França, com registo de vítimas mortais em Portugal e Marrocos, tendo ainda sido gerado um pequeno tsunami registado instrumentalmente.

O sismo ocorreu numa época em que a instrumentação sísmica não estava ainda suficientemente desenvolvida, sendo fundamental complementar os poucos registos instrumentais de então com os testemunhos da população afetada. Neste momento, as tecnologias de comunicação permitem uma recolha de dados muito mais alargada do que a que foi possível naquele tempo. E, por motivos facilmente compreensíveis, não haverá no futuro outra ocasião com este significado e com real possibilidade de se salvaguardar esta memória. É por isso agora o momento certo para realizar um inquérito macrosísmico sobre os efeitos deste sismo tão importante.

O inquérito pode ser acedido em http://sismo1969.ipma.pt.

(fonte: IPMA)

Palestra e Homenagem ao Engº Simões Cortez

José António Simões Cortez, um nome incontornável da Engenharia Portuguesa, será homenageado pela Delegação Distrital de Viseu da Ordem dos Engenheiros, em parceria com outras entidades relacionadas com o valoroso trabalho de anos deste Colega, tanto como Professor Universitário em diversas Faculdades, como engenheiro projetista, consultor e diretor técnico de várias empresas da indústria extrativa e em diversas concessões hidrotermais.

Engenheiro de Minas pela F.E.U.P. desde 1958, é Membro da Academia de Engenharia, tendo sido Presidente Nacional e Bastonário da Ordem dos Engenheiros entre 1985 e 1992, onde contribuiu de forma marcante e duradoura para o prestígio da profissão através de medidas visionárias que ainda hoje perduram e que ditaram o percurso institucional da Ordem.

A justa homenagem terá lugar no Auditório da Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Viseu (direções aqui) no próximo dia 9 de março pelas 15h00, onde o homenageado proferirá uma palestra intitulada “Estórias de uma vida como Engenheiro de Minas”.

Por razões de organização, agradece-se inscrição prévia no SIGOE ou para o endereço eletrónico da Delegação Distrital de Viseu.

Prof. Ricardo Oliveira eleito Presidente Honorário da IAEG

Nos 54 anos da sua existência a IAEG teve apenas um Presidente Honorário: o Professor Marcel Arnould, um dos seus fundadores, com intensa atividade e permanente dedicação, guiando a Associação com extraordinário mérito em muitos momentos difíceis. Em reconhecimento desse mérito foi eleito Presidente Honorário na reunião do Council da IAEG de Madrid, em 1978. Desde então passaram-se 40 anos sem que houvesse qualquer proposta para a eleição de um outro Presidente Honorário.

Neste ano, por iniciativa de 4 membros do atual Comité Executivo (Past-President, Secretário Geral e os dois Vice-Presidentes da Europa) foi apresentada ao Presidente Scott Burns uma proposta para a eleição do Professor Ricardo Oliveira (Presidente da IAEG entre 1990 e 1994) como Presidente Honorário, através de votação no Council, de acordo com o Artigo XII dos Estatutos da IAEG. A proposta foi apresentada na reunião do Council realizada em São Francisco, tendo sido aprovada por unanimidade.

Save the date: Dia da APG – 11ª Reunião Anual

O Dia da APG – 11ª Reunião Anual irá realizar-se na manhã do dia 29 de março de 2019, no LNEC – Laboratório Nacional de Engenharia Civil, em Lisboa. Este evento integrará uma conferência especial proferida pelo Prof. Ricardo Oliveira, sócio da APG, e a Assembleia Geral Ordinária da associação.

Mais informações serão divulgadas em breve.

VIII Jornadas APG “O novo paradigma energético”

No dia 22 de fevereiro de 2019 decorreram, na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, as VIII Jornadas APG, subordinadas ao tema “O novo paradigma energético”, organizadas pela Associação Portuguesa de Geólogos. A edição deste ano tinha como objetivo abordar o mix energético sob diferentes perspetivas, por especialistas com formação diferenciada, e discutir o papel de cada interveniente na procura de soluções de qualidade para as gerações futuras. De facto, é urgente a necessidade de transição para uma economia de baixo carbono, sendo as competências das Geociências essenciais em cada passo do ciclo energético.

As VIII Jornadas APG incluíram, nos dois dias antecedentes, um curso de formação, intitulado “Introdução aos sistemas geotérmicos superficiais”.

Este curso de formação, acreditado pela Federação Europeia de Geólogos, teve como objetivos compreender os sistemas geotérmicos superficiais, capacitar os profissionais para o desenho de instalações geotérmicas de climatização com bomba de calor geotérmica e avaliar o potencial de exploração da geotermia superficial em Portugal e as possíveis aplicações desta tecnologia.

Julgamos que as VIII Jornadas APG proporcionaram um fórum aberto de discussão sobre o atual e o futuro panorama energético do nosso país, tendo-se destacado alguns dos desafios que os geocientistas enfrentam no que se refere à temática energética, bem como as oportunidades que a transição energética apresenta. Foi consensual a necessidade de uma maior intervenção social da comunidade geocientífica para o esclarecimento da sociedade e para um debate informado, suportado em conhecimento científico.

Nestas VIII Jornadas APG teve, ainda, destaque o projeto europeu CHPM2030, que tem como objetivo desenvolver uma nova tecnologia, que combina a produção de energia geotérmica profunda com a extração de metais dissolvidos em fluidos geotérmicos, num único processo interligado (Combined Heat Power and Metals – CHPM). O projeto investiga tecnologias que permitam melhorar a viabilidade económica da utilização de energia geotérmica obtida a partir de formações geológicas ricas em metais, localizadas a profundidades superiores a 3 Km. O objetivo principal é viabilizar a coprodução de energia e a obtenção de metais, num processo susceptível de optimização em função da procura. O projeto testará este conceito tecnológico à escala laboratorial. A APG é uma das entidades participantes neste projeto.

A APG deseja agradecer a todos aqueles que apoiaram e contribuíram para que as VIII Jornadas APG fossem realizadas com sucesso.

O álbum com uma seleção de fotografias tiradas durante as VIII Jornadas APG está disponível aqui.

Consulte a Nota Informativa das VIII Jornadas APG: versão PDF | versão online.

MAIS INFO [+]

Candidaturas ao Título de Eurogeólogo – novo prazo de submissão

O prazo para submissão das candidaturas ao título de Eurogeólogo, atribuído pela Federação Europeia de Geólogos (FEG), foi antecipado para o dia 15 de abril de 2019, para permitir que as mesmas possam ser consideradas durante a próxima reunião do Conselho da Federação Europeia de Geólogos que decorrerá em maio próximo. Todos os associados da APG poderão candidatar-se a este título. As candidaturas serão avaliadas pela Comissão Nacional de Acreditação, que depois fará a submissão das candidaturas à FEG.

Saiba mais sobre o título de EurGeol aqui.