VIII Jornadas APG “O novo paradigma energético”

No dia 22 de fevereiro de 2019 decorreram, na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, as VIII Jornadas APG, subordinadas ao tema “O novo paradigma energético”, organizadas pela Associação Portuguesa de Geólogos. A edição deste ano tinha como objetivo abordar o mix energético sob diferentes perspetivas, por especialistas com formação diferenciada, e discutir o papel de cada interveniente na procura de soluções de qualidade para as gerações futuras. De facto, é urgente a necessidade de transição para uma economia de baixo carbono, sendo as competências das Geociências essenciais em cada passo do ciclo energético.

As VIII Jornadas APG incluíram, nos dois dias antecedentes, um curso de formação, intitulado “Introdução aos sistemas geotérmicos superficiais”.

Este curso de formação, acreditado pela Federação Europeia de Geólogos, teve como objetivos compreender os sistemas geotérmicos superficiais, capacitar os profissionais para o desenho de instalações geotérmicas de climatização com bomba de calor geotérmica e avaliar o potencial de exploração da geotermia superficial em Portugal e as possíveis aplicações desta tecnologia.

Julgamos que as VIII Jornadas APG proporcionaram um fórum aberto de discussão sobre o atual e o futuro panorama energético do nosso país, tendo-se destacado alguns dos desafios que os geocientistas enfrentam no que se refere à temática energética, bem como as oportunidades que a transição energética apresenta. Foi consensual a necessidade de uma maior intervenção social da comunidade geocientífica para o esclarecimento da sociedade e para um debate informado, suportado em conhecimento científico.

Nestas VIII Jornadas APG teve, ainda, destaque o projeto europeu CHPM2030, que tem como objetivo desenvolver uma nova tecnologia, que combina a produção de energia geotérmica profunda com a extração de metais dissolvidos em fluidos geotérmicos, num único processo interligado (Combined Heat Power and Metals – CHPM). O projeto investiga tecnologias que permitam melhorar a viabilidade económica da utilização de energia geotérmica obtida a partir de formações geológicas ricas em metais, localizadas a profundidades superiores a 3 Km. O objetivo principal é viabilizar a coprodução de energia e a obtenção de metais, num processo susceptível de optimização em função da procura. O projeto testará este conceito tecnológico à escala laboratorial. A APG é uma das entidades participantes neste projeto.

A APG deseja agradecer a todos aqueles que apoiaram e contribuíram para que as VIII Jornadas APG fossem realizadas com sucesso.

O álbum com uma seleção de fotografias tiradas durante as VIII Jornadas APG está disponível aqui.

Consulte a Nota Informativa das VIII Jornadas APG: versão PDF | versão online.

MAIS INFO [+]

Anúncios

No comments yet»

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: